Confira alguns erros de administração financeira que levam milionários à falência
13/04/2018


“O famoso comete o mesmo erro que qualquer cidadão, mas em uma proporção muito maior. Essas pessoas, ao ganharem uma boa quantia, acabam elevando seus custos de vida", explica Daniela Casabona.

info

Comprar coisas desnecessárias, ir a lugares mais caros que o orçamento permite e ser aquela pessoa de bom coração que arca com a ‘rodada de cerveja’ pode fazer um grande estrago na conta bancária de qualquer um, e ser um sintoma preocupante da má administração financeira, não é mesmo?

Mas se com pessoas comuns, isso já acontece, imagine com milionários. Mike Tayson, Wesley Snipes, Chris Tucker e Nicolas Cage são apenas algumas das celebridades que conseguiram perder milhões de dólares devido à má administração financeira.

A assessora de investimentos da FB Wealrh, Daniela Casabona, explica o seguinte “O famoso comete o mesmo erro que qualquer cidadão, mas em uma proporção muito maior. Essas pessoas, ao ganharem uma boa quantia em um determinado prazo, acabam por elevar seus custos de vida e os chamados gastos, sem o auxílio de um profissional para ajudar na administração de seus respectivos patrimônios”, aponta. E pensando nisso, a especialista elaborou uma curiosa lista dos principais erros cometidos por milionários:

Gastos supérfluos

Segundo Daniela Casabona, são nos gastos excessivos com festas, viagens e bens materiais desnecessários, aparentemente inofensivos que as pessoas costumam perder o controle financeiro e acabam comprometendo boa parte de seus patrimônios antes mesmo de terem alguma quantia guardada ou alocada em um bem.

Falta de assessoria especializada

Apenas um profissional especializado pode ajudar na administração das finanças. A assessora defende que é essa a pessoa quem analisa os riscos de cada investimento, visando a proteção do patrimônio sempre de forma fria e cautelosa, sem a parte emocional do proprietário.

Falta de blindagem patrimonial

Abrir negócio com um sócio pode deixar o patrimônio vulnerável pelas dívidas do outro empresário e vice e versa, certo? Sim, mas isso acontece somente se a pessoa não tem uma “blindagem patrimonial”, que é uma proteção do patrimônio para quem tem algum tipo de participação societária.

Daniela explica que a blindagem é feita de forma preventiva pelo empresário que não possui nenhum tipo de débito, e visa assegurar seus bens e direitos dos riscos incertos do seu negócio.

Casamentos

Além de terem ‘o estigma’ de não durarem muito, casamentos de pessoas famosas geralmente incluem orçamentos exorbitantes capazes de trazer consequências bem negativas para o patrimônio dependendo de como foi realizada a comunhão de bens do casal. Como exemplo, Daniela Casabona cita o casamento do ex-pugilista Mike Tayson que precisou pagar 9 milhões de euros para a atriz Robin Givens após a separação.

Investimentos no desconhecido

A falta de conhecimento aumenta ainda mais os riscos de investimento e, quando se tem muito patrimônio, muitas pessoas à volta tentam oferecer negócios milagrosos, que na verdade, podem levar apenas a maus negócios. “O brasileiro comum, por exemplo, confia na lábia do gerente do banco e ‘investe’ em título de capitalização, o que é um péssimo negócio”, diz a especialista.

Confiar em pessoas erradas

Pessoas que se passam por amigas, parceiras de relacionamento ou que se aproximam por interesse podem surgir ‘do nada’ e acabam aplicando golpes capazes de trazer prejuízos estrondosos para o patrimônio.

Custo de vida

Compras exorbitantes de carros conversíveis e mansões, por exemplo, implicam no pagamento de impostos e, não fazer o cálculo desses novos bens já prejudicou muitos milionários que no final, apenas queriam ostentar o bem material.

Processos

Processos podem facilmente ‘arrancar’ milhões de um milionário. A especialista relembra que dependendo do caso e da sentença do juiz, muitos chegam a perder quase todos os bens para conseguir parar o que ficou acordado na audiência. E você, qual destes erros de má administração financeira tem cometido ultimamente?

Fonte: Economia - iG 

Martello Contabilidade - Rua Emiliano Ramos, 439 - Centro - Lages, Santa Catarina

Receba nossas novidades por e-mail!